Pólo
O seu jornal de notícias impresso e na internet!

JORNAIS DA EMPRESA JORNALÍSTICA ACRM

Home Contato Culinária Diversão Editorial Educação Empresa Imóveis Negócios Notícias Parceiros Poesias Policial Política Saúde
JORNAL POLO PAULISTANO EM FLASH

Vem Comigo

Poetisa Riselda Morais

Em frente o mar,
com o olhar perdido
Vejo-te entregue,
triste, desamparado
Quero te animar,
te alegrar, te livrar
do amor bandido
e ver-te envolvido
com mil abraços
e meu amigo
em meus braços
amparado!

Em mim sempre terás,
um ombro amigo;
serás por grande amizade protegido
A verdade: nunca foste enganado
Anima-te, anda, vem comigo
Buscar a felicidade a nado

Não te deixes consumir pela tristeza
Nem lave seu rosto com lágrimas,
pois tens a tua frente... o mar!
Permita-se...
amar de novo
Envolver-se...
com quem te mereça
A decepção...
Esqueça!

Ame e deixe-se amar
com a grandeza,
com a imensidão do mar
e a generosidade das águas salgadas
Não olhe vazio,
admire a beleza das ondas
que não param de bailar
veja... o que a sua frente está!

Vem comigo, vem viver com alegria
Não lamente, olhe a vida e sorria
Toque a terra, suba a serra,
sinta a sua energia
Curta o mar, deixe seu corpo
e sua alma ele lavar

Brinde o vento, ouça o tempo e sinta a calma
Equilibrando e harmonizando o pensamento,
Deixe-se amar, tudo novo é experimento
Quem se gosta, alegra-se, fica atento
Só vale a pena guardar bom sentimento

Vem comigo,
vem viver com alegria
Não lamente,
olhe a vida e sorria
Que acalma e suaviza a emoção
fazendo leve e nobre o coração
Anda... vai ficar aí nessa lamentação?
Vem comigo, reage, quero ver ação!
Sorria,
porque na vida não se conta a tristeza,
o que conta, é só a alegria.

 

Poesias registradas - Todos os direitos reservados à autora e poetisa Riselda Morais . Permitida reprodução desde que citado o nome da autora.

Blogger de Notícias

Blogger de Poesias

Twitter
VOLTAR

ATENÇÃO: Melhor visualização em resolução de 1024x768

© Riselda Morais