Pólo
O seu jornal de notícias impresso e na internet!

JORNAIS DA EMPRESA JORNALÍSTICA ACRM

Home Contato Culinária Diversão Editorial Educação Empresa Imóveis Negócios Notícias Parceiros Poesias Policial Política Saúde
JORNAL POLO PAULISTANO EM FLASH

Tempo

Poetisa Riselda Morais

O tempo é um instante,
um momento,
é constante,
é inconstante,
é elemento;

É idade, é estação,
É século, é ocasião;
são dias, são horas,
é sucessão;
é período,
do compasso a duração

Tem tempo simples e composto
Tempo firme e seguro
Tempo chuvoso,
nebuloso, escuro
Tempo seco e ensolarado,
tempo bom e variado
Tem tempo que agente sente,
calor ou calafrio,
tudo depende do tempo,
se for quente, ou se for frio

Há o tempo de ver chover
e o de ver o sol brilhar
Há o tempo de falar
e o de saber calar.

Há o tempo de nascer
e o tempo de viver
Há o tempo de crescer,
de aprender, compreender

Há o tempo de sonhar
e o de realizar
O de sorrir, o de chorar;
de se divertir e de parar

De caminhar
e o de descansar,
de ter e valorizar,
de perder e lamentar

Há o tempo de lembrar
e também de esquecer
O de a saudade aumentar,
o de querer reviver

O tempo em que se vai
e o tempo que se vem
O tempo que se perde
e o tempo que se tem

Tudo é questão de tempo,
basta usar como convém,
evitando o contratempo,
sempre o aproveito bem
respeito o tempo dos outros
e respeito o meu também!

Poesias registradas - Todos os direitos reservados à autora e poetisa Riselda Morais . Permitida reprodução desde que citado o nome da autora.

Blogger de Notícias

Blogger de Poesias

Twitter
VOLTAR

ATENÇÃO: Melhor visualização em resolução de 1024x768

© Riselda Morais