Pólo
O seu jornal de notícias impresso e na internet!

JORNAIS DA EMPRESA JORNALÍSTICA ACRM

Home Contato Culinária Diversão Editorial Educação Empresa Imóveis Negócios Notícias Parceiros Poesias Policial Política Saúde
JORNAL POLO PAULISTANO EM FLASH

Paz ao Mundo

Poetisa Riselda Morais

Os humanos esqueceram
Que do amor nasceram
e ao mundo devem amar!
Nos tempos evoluíram
Fizeram-se respeitar,
porém alguns concluíram
que poderiam matar...
Plantaram a violência,
Roubaram a inocência,
com a paz querem acabar!

Que se faça um mundo novo,
com união, amor e paz
Onde o amor seja profundo,
poderoso e capaz,
de acabar com as diferenças,
de unir todas as crenças,
que guerras não existam mais!

Que todos tenham bondade,
e se vejam como irmãos
Que vivam com igualdade,
que todos se dêem às mãos,
Que eliminem os preconceitos
vencendo os próprios defeitos,
se libertem da maldade
Que tenham como conceito
Paz a toda humanidade
Um mundo em comunhão
um povo em unidade
esperança e boa ação!

Que esse mundo esteja unido
Em um grandioso abraço
que não haja violência
nesta terra, neste espaço
E que essa união
de cor, raça e religião
Faça deste um mundo novo
onde viva todo o povo
com alegria, amor e paz!

 

Poesias registradas - Todos os direitos reservados à autora e poetisa Riselda Morais . Permitida reprodução desde que citado o nome da autora.

Blogger de Notícias

Blogger de Poesias

Twitter
VOLTAR

ATENÇÃO: Melhor visualização em resolução de 1024x768

© Riselda Morais