Pólo
O seu jornal de notícias impresso e na internet!

JORNAIS DA EMPRESA JORNALÍSTICA ACRM

Home Contato Culinária Diversão Editorial Educação Empresa Imóveis Negócios Notícias Parceiros Poesias Policial Política Saúde
JORNAL POLO PAULISTANO EM FLASH

Estrela brilhante

Poetisa Riselda Morais

Meus olhos se encantam
quando mesmo distante,
percebem no céu
uma estrela brilhante!

Parecem bem perto
na esfera celeste,
mas estão distante
do Oeste ao leste!

Os diferentes brilhos
e formas desenhadas,
vezes parecem trilhos
de tão alinhadas!

Procuro no céu,
vejo o cinturão,
estrelas brilhantes,
da constelação!

Procuro por formas,
de gente e animais,
e nunca me canso,
sempre acho mais!

Maria que sou,
procuro por três,
próximas entre si,
é Órion outra vez!

Acho o caçador,
contemplo encantada,
no ombro direito,
a estrela avermelhada!

De ponta cabeça,
Órion na caçada,
em seu pé esquerdo,
a estrela azulada!

Os detalhes do céu,
são surpreendentes,
parece uma estrela,
e são três reluzentes!

Como duas crianças,
rodando de mãos dadas,
vejo duas estrelas,
agora desdobradas!

Uma é bem amarela,
a outra alaranjada,
e por uma branca,
a dupla é circundada!

Quantas partículas,
soltas no espaço,
colocadas por Deus,
feitas passo a passo!

Lindas luminosas,
na escuridão,
porém majestosas,
na imensidão!

Estão há anos luz,
na extensão dos ares,
em outra dimensão,
e refletidas nos mares!

Fazem-se presente,
sempre ao escurecer,
e um lindo espetáculo,
podemos perceber!

Chegando juntinho,
com o anoitecer,
o show das estrelas,
o transcender!

Estrela cadente,
no espaço a bailar,
quão bela e formosa,
reinas pelo ar!

Que eu tenha muitas noites,
para contigo brincar,
procurando o que Deus ,
queria me mostrar!

 

Poesias registradas - Todos os direitos reservados à autora e poetisa Riselda Morais . Permitida reprodução desde que citado o nome da autora.

Blogger de Notícias

Blogger de Poesias

Twitter
VOLTAR

ATENÇÃO: Melhor visualização em resolução de 1024x768

© Riselda Morais