Pólo
O seu jornal de notícias impresso e na internet!

JORNAIS DA EMPRESA JORNALÍSTICA ACRM

Home Contato Culinária Diversão Editorial Educação Empresa Imóveis Negócios Notícias Parceiros Poesias Policial Política Saúde
JORNAL POLO PAULISTANO EM FLASH

Asas de Borboleta

Poetisa Riselda Morais

Buscando a magia do Universo,
vôo rumo ao desconhecido,
criando rimas e fazendo verso,
para um símbolo já conhecido.

Simplesmente como a borboleta,
com diversos tamanhos e cores,
ou como a “personificação da alma”,
batendo asas, brincando sobre flores!

Representa o renascimento,
a mudança e a imortalidade,
transformação e crescimento,
no matrimônio a felicidade!

A mais profunda fonte da vida,
que exprime voto de longevidade,
são as fases da alma refletida,
na crisálida, o ser da potencialidade!

Quando existe apenas a idéia,
eis o ovo, o ponto de criação,
logo transforma-se em larva,
quando se toma uma decisão!

Quando casulo é o projeto,
em fase de desenvolvimento,
é a etapa do quase concreto,
o que antes era pensamento!

Com a realização,
o casulo vai deixar,
houve a transforma,ção
chegou a hora de voar!

É o ciclo da borboleta,
é o criar e o transformar,
é nossa capacidade,
de mudar e aceitar!

O homem, assim como a borboleta,
que abandona a crisálida para voar,
liberta-se do invólucro corpo físico,
para uma vida eterna conquistar!

São etapas da alma, para a iluminação,
metamorfose, a arte da transformação,
habilidade de conhecer a própria mente,
com capacidade e poder para melhorar!

A alma é feminina,
mais menina que mulher,
com asas de borboleta,
renascendo quando quer!

 

Poesias registradas - Todos os direitos reservados à autora e poetisa Riselda Morais . Permitida reprodução desde que citado o nome da autora.

Blogger de Notícias

Blogger de Poesias

Twitter
VOLTAR

ATENÇÃO: Melhor visualização em resolução de 1024x768

© Riselda Morais