Pólo
O seu jornal de notícias impresso e na internet!

JORNAIS DA EMPRESA JORNALÍSTICA ACRM

Home Contato Culinária Diversão Editorial Educação Empresa Imóveis Negócios Notícias Parceiros Poesias Policial Política Saúde
JORNAL POLO PAULISTANO EM FLASH
EDITORIAl

Sustentabilidade é responsabilidade de todos

 

Por: Riselda Morais

Nos últimos tempos, temos ouvido com frequência o termo sustentabilidade, é importante que tenhamos consciência que a sustentabilidade depende de todos os indivíduos: dos governos, das empresas, da sociedade como um todo. Para sermos uma sociedade sustentável precisamos antes de tudo, respeitar o meio ambiente. O desenvolvimento econômico, o crescimento das cidades, indústrias e a grande quantidade de veículos, causam muitos danos ao ar, ao solo, a água, mas não podemos estagnar, precisamos do desenvolvimento econômico. Já podemos perceber que uma nova cultura está se criando no mercado, trata-se de governança corporativa, onde a sustentabilidade corporativa agrega valor a empresa, aos produtos e a marca, fazendo-a mais competitiva, onde todos influenciam e são influenciados reciprocamente. Pensemos uma indústria, tudo que ela fizer terá impacto positivo ou negativo na vida dos Stake holders, que são os funcionários, clientes, o meio ambiente, a comunidade. Mas a sustentabilidade corporativa aplica-se também a pequena e média empresa, que também tem impacto local e precisa ser sustentável em seu ambiente, isto significa, crescer mantendo o ambiente saudável para as próximas gerações. Assim como para as empresas é importante que haja uma mudança na política empresarial com a implantação de novos conceitos, uma reavaliação de valores, ética e conduta dentro do modelo de gestão e de produção, para a sociedade, é importante que o indivíduo, mude sua cultura, seu comportamento, adotando práticas que visem uma relação mais harmônica entre ele e o meio ambiente, na qual favoreça o desenvolvimento econômico e proteção ao meio ambiente. 
Enquanto pessoas comuns, como nós podemos fazer isso?. Muito simples, não existe uma grande empresa sem o cliente, o consumidor. Ao fazer uma compra devemos escolher o produto da empresa que busca a preservação do meio ambiente, tem responsabilidade social, não se envolve em corrupção. Ao procurar um trabalho, dar preferência as empresas que valorizam seus funcionários, que investem no valor humano e que tem responsabilidade social, participa na comunidade com projetos e ações sociais, isto significa que a empresa investe na melhoria da qualidade de vida de seus empregados, de suas famílias e da comunidade. Uma empresa com desenvolvimento sustentável ganha muito mais que as outras, com o fortalecimento da marca e com a fidelização do produto, do cliente, com a valorização da empresa na sociedade e no mercado, com isenções fiscais nas três esferas do governo (federal, estadual e municipal), com produtividade porque seus funcionários trabalham motivados, valorizados e através das mudanças comportamentais da sociedade, retorno publicitário principalmente porque sua exposição na mídia advém de ganhos sociais e valores transmitidos em suas campanhas, onde a sociedade percebe os diferenciais da marca, produtos e serviços em relação aos concorrentes.
Em si tratando de sustentabilidade, não podemos deixar de citar os 3 Rs, uma vez que Reduzir, Reutilizar e Reciclar são práticas importantes do desenvolvimento sustentável, que podem reduzir o custo de vida, ajudar a economizar e gerar o consumo consciente (só compramos produtos ou contratamos serviços que realmente precisamos), evitando desperdícios, fazendo uso racional da água, energia e combustível.
Reutilizar, não jogar fora aquilo que pode ser usado para outros fins, transformado ou doando, assim ajudará outra pessoa que precisa sem desperdiçar ou destruir a natureza. 
Reciclar - tudo que é reciclável é transformado novamente em matéria prima e volta ao ciclo produtivo, gera renda, emprego e protege o meio ambiente de resíduos que levam anos e até séculos para se decompor. Os recicláveis são os plásticos, vidro, metal e papel. Por isto, é muito importante que cada um de nós separe o lixo reciclável do orgânico e encaminhe para empresas ou cooperativas recicladoras. Mas não basta, muita gente não consegue encaminhar seu lixo reciclável, por isto, precisamos separar nosso lixo e cobrar do poder público a coleta seletiva que é obrigação da Prefeitura da Cidade. 
Como vimos são atitudes simples, como plantar uma árvore, não pisar na grama, não destruir a natureza, não jogar lixo na rua, ficar pouco tempo no chuveiro, desligar a luz, transformar objetos, fazer doações de móveis, computadores, impressoras ou objetos que não vai usar, separar o lixo, comprar o necessário, enfim, mudanças comportamentais, a adoção de uma nova cultura que promovem o desenvolvimento sustentável para a nação, para o mundo.

VOLTAR

ATENÇÃO: Melhor visualização em resolução de 1024x768

© Riselda Morais